UncategorizedGrupo Folclórico das Doze Ribeiras

O Grupo Folclórico das Doze Ribeiras foi fundado a 23 de Abril de 1974 e reconhecido como Pessoa Coletiva de Utilidade Pública desde Janeiro de 1993, tem a sua Sede social (casa típica reconstruída pelos elementos do Grupo) na freguesia rural das Doze Ribeiras, concelho de Angra do Heroísmo.
É sócio fundador da Federação do Folclore Português. Foi o primeiro Grupo a usar trajes tipicamente regionais e variados, confecionados em lã ou linho, servindo, neste pormenor, de modelo a outros Grupos desta ilha.
Possui um vastíssimo e variado reportório que engloba modas de balho, rancho de cantores e de matança, foliões e cantares do folclore religioso da Ilha Terceira. Interpreta também 12 modas das mais representativas das outras ilhas do Arquipélago. Da sua escola de viola regional formou tocadores de viola e acompanhantes de violão, alguns dos quais vêm dando o seu contributo a outros Grupos e cursos de viola.
Atualmente tem cerca de 40 elementos, entre tocadores, cantadores e Bailadores. Em 1975 realizou a sua primeira viagem, que teve como destino a ilha de São Miguel, onde se exibiu em diversas localidades. Por essa ocasião foram inauguradas as emissões da RTP – Açores, cabendo a este Grupo a honra de ser o primeiro a apresentar cantares açorianos através deste prestigiado meio de comunicação social.
Efetuou as seguintes deslocações: ilhas Açorianas, Madeira, Algarve, Estoril,
Gulpilhares, Vila Nova de Gaia, Espinho, Lousada, Gondomar, Porto, França, Brasil, EUA e Suíça.
Em 2006 Marta Dias Barcelos, elemento deste Grupo, publica um livro de título Grupo Folclórico das Doze Ribeiras Ilha Terceira-Açores, em que descreve origem, historial, deslocações, trajes, sede, cancioneiro e outras abordagens relativas a folclore e etnografia deste Grupo Folclórico.
Gravou 3 Lp’s, um dos quais em conjunto com os ranchos participantes no Festival Mundial de Gannat em 1981; destes foram gravadas também as respetivas cassetes. Esgotada a primeira edição, reeditou as duas últimas cassetes e lançou, pela primeira vez, um CD com as mesmas modas, em 1998, ano em que se deslocou ao Brasil e iniciou as comemorações das suas Bodas de Prata.
Em 2012 grava novo cd, com 21 modas, lançado a 02 de Março de 2013, no Centro Cultural e de Congressos de Angra do Heroísmo, na Presença da Exma. Sra. Presidente da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo e do Exmo. Senhor Diretor Regional da Cultura. A apresentação esteve a cargo do jornalista Vasco Pernes e os oradores convidados foram a Dra. Marta Dias Barcelos e o Dr. Jorge Forjaz.
Desde Dezembro de 1986 que tem vindo a trabalhar dedicadamente na reconstrução de uma casa típica e respetivo envolvimento. Aí já tem vindo a realizar ações de carácter cultural, social e recreativo, sobretudo para grupos de turistas ou outros que lho solicitem.
Durante vários anos foi o único Grupo Folclórico rural desta ilha.

Contacto

E-mail: grupofolcloricodozeribeiras@gmail.com
Presidente – Gilda Coelho (911001923)
Vice Presidente – Cipriano Nunes (964692905)

1,383 comments